Dieta Saudável melhora sintomas da depressão

Dieta saudável melhora sintomas da depressão

Sabia que uma dieta saudável pode ajudar a melhorar os sintomas de depressão?

Uma análise de dados de quase 46.000 pessoas demonstrou que a perda de peso, o aumento de nutrientes e as dietas de redução de gorduras podem reduzir os sintomas da depressão.

Joseph Firth, investigador honorário da Universidade de Manchester e investigador do NICM Health Research Institute, na Western Sydney University, refere que a pesquisa existente não consegue estabelecer definitivamente se uma alteração na dieta pode beneficiar a saúde mental.

Mas num novo estudo publicado na Psychosomatic Medicine, Dr Firth e os seus colegas reuniram todos os dados existentes de ensaios clínicos de dietas para criarem condições de saúde mental. E o estudo fornece evidências de que uma dieta equilibrada reduz significativamente os sintomas de depressão, mesmo em pessoas sem diagnóstico de uma perturbação depressiva.

O investigador refere que até ali, a evidência dos efeitos gerais de uma dieta equilibrada no humor e no bem-estar mental não tinha sido avaliada de forma eficiente. No entanto, este novo estudo confirma que, de facto, uma dieta mais saudável pode estimular o humor das pessoas.

O estudo combinou dados de 16 ensaios clínicos aleatórios que examinaram os efeitos de intervenções dietéticas sobre os sintomas de depressão e ansiedade. Estes 16 estudos incluíram dados de resultados de 45.826 participantes, sendo que a maioria apresentava uma depressão não clínica.

O estudo constatou que todos os tipos de melhoria na dieta parecem ter efeitos na saúde mental, sejam elas, dietas de perda de peso, redução de gordura ou melhoria de nutrientes. Todas apresentam benefícios semelhantes em sintomas depressivos. “Esta é realmente uma boa notícia. Os efeitos semelhantes de qualquer tipo de melhoria dietética sugerem que dietas altamente específicas ou especializadas são desnecessárias para um indivíduo comum.”, refere o Dr. Firth.

Depressão e dieta

“Fazer apenas mudanças simples é igualmente benéfico para a saúde mental. Em particular, as refeições mais densas em nutrientes e ricas em fibras e vegetais, enquanto o corte nas fast foods e açúcares refinados parece ser o suficiente para evitar o potencial negativo dos efeitos psicológicos de uma dieta de junk food.

Dr. Brendon Stubbs, co-autor do estudo e professor clínico do NIHR Maudsley Biomedical Research Center e do King’s College London, acrescentou: “Os nossos dados contribuem para as crescentes evidências que intervenções no estilo de vida, são uma abordagem importante para combater o humor e a depressão.

“Especificamente, os nossos resultados dentro deste estudo demonstram que, quando as intervenções dietéticas são combinadas com o exercício, foi sentida uma grande melhoria nos sintomas depressivos. Em conjunto, os nossos dados destacam o papel central de uma dieta mais saudável e de exercício físico regular, como um tratamento viável para ajudar pessoas com humor mais baixo.”

Estudos examinados com amostras femininas mostraram benefícios ainda maiores de intervenções dietéticas para sintomas de depressão e ansiedade. Dr. Firth acrescentou: “Ainda não sabemos por que é que alguns dos nossos dados mostraram benefícios significativamente maiores das dietas nas mulheres. Por isso, serão necessárias mais pesquisas sobre isso. E também precisamos de estabelecer de que forma os benefícios de uma dieta saudável estão relacionados com a melhorias na saúde física. Pode ser através da redução da obesidade, inflamação ou fadiga, estando estes factores relacionados com a dieta e com o impacto sobre a saúde mental. E mais investigações ainda são necessárias para examinar os efeitos das intervenções dietéticas em pessoas com condições psiquiátricas clinicamente diagnosticadas.”

Fonte: Joseph Firth, Wolfgang Marx, Sarah Dash, Rebekah Carney, Scott B Teasdale, Marco Solmi, Brendon Stubbs, Felipe B. Schuch, André F. Carvalho, Felice Jacka, Jerome Sarris. The effects of dietary improvement on symptoms of depression and anxiety. Psychosomatic Medicine, 2019; 1 DOI: 10.1097/PSY.0000000000000673

Cristiana Pereira
Cristiana PereiraPsicóloga Clínica
Mostrar mais Artigos

Qual foi o interesse que este artigo teve para si?

0
0,0 rating
0 em 5 estrelas (total de 0 avaliações)
Excelente!0%
Muito bom0%
Assim, assim0%
Fraco0%
Péssimo0%

Newsletter 3

A NOSSA NEWSLETTER

PODE MUDAR-LHE A VIDA

  • Recheada de informações úteis da Psicologia para MELHORAR A SUA VIDA

  • É GRATUITA

  • GANHA logo um curso de RESPIRAÇÃO CALMANTE

  • Só lê se quiser

  • De PRESENTE, também recebe um GUIA para o conforto do SISTEMA NERVOSO

  • Desiste quando quiser (mas nós ficamos tristes…)

  • Fica a saber mais de Psicologia do que o seu vizinho

  • Ninguém sabe que a recebe

  • Não se arrisca a perder os nossos PRESENTES e PROMOÇÕES exclusivos

  • Sabe tudo primeiro do que os outros

Translate »