Ansiedade e Nutrição

O que é que a alimentação tem a ver com a ansiedade?

Quando falamos de ansiedade, geralmente, focamo-nos nos sintomas físicos ou em formas diferentes de nos podermos acalmar. No entanto, esquecemo-nos do papel importante que a alimentação tem neste tema. O que ingerimos influencia o nosso organismo, quer por dentro, quer por fora.

A ansiedade leva, de facto, algumas pessoas ao consumo exagerado de alimentos, nomeadamente aqueles que são pobres em nutrientes e ricos em açúcares adicionados, gorduras saturadas, de forma a compensar o stress e a ansiedade. Contudo, e sem darmos conta, a ansiedade agrava-se, juntamente com o estado de saúde.

Por isso, consumir alimentos que também alimentam o cérebro é importante, pois são eles que nos ajudam a regular o humor, os níveis de energia, o apetite e outras funções do organismo.

Então, que alimentos deve evitar?

  • O açúcar adicionado pode gerar alterações no humor e aumentar a ansiedade.
  • A farinha processada e refinada, tal como o açúcar, também pode provocar mudanças de humor.
  • A cafeína, por ser considerado um estimulante, pode causar ou aumentar a ansiedade e outros sinais e sintomas relacionados com o stresse de diversas formas.
  • O álcool também pode aumentar a ansiedade e o stress.

E que alimentos o pode ajudar a combater a ansiedade?

Ingerir alimentos que actuam como anti-inflamatórios do nosso organismo, pode ser uma mais-valia na regulação dos níveis da ansiedade, pois são importantes para os neurotransmissores sintetizarem e equilibrarem o humor e a resposta ao stress. Além disso, também é importante comer gorduras saudáveis, carboidratos não refinados e proteína magra. Certifique-se que adiciona à sua alimentação alimentos com vitaminas B, alimentos ricos em magnésio, em cálcio e ômega-3.

Vitaminas B

As Vitaminas B ajudam a combater o stress e a estabilizar o humor. A vitamina B6, em particular, funciona como um regulador natural para a ansiedade, já que estimula o humor, equilibra os níveis de açúcar no sangue e mantém um sistema nervoso saudável. Por isso, quando existe uma deficiência da vitamina B6, surgem determinados sintomas, como ansiedade, irritabilidade, depressão, alterações no humor, dores musculares e fadiga. Além disso, a vitamina B12 também é importante para combater o stress crónico, perturbações de humor e depressão. Ajuda a melhorar a sua concentração, a melhorar os níveis de energia e permite que o sistema nervoso funcione de forma mais adequada.

Magnésio

O magnésio desempenha muitos papéis importantes no organismo, pois ajuda-nos a relaxar os músculos e a acalmar o sistema nervoso. Além disso, é vital para a função do GABA e para regular certas hormonas que são cruciais para acalmar o cérebro e promover o relaxamento. Por isso, o magnésio é muito usado em quadros clínicos de ansiedade, má digestão, dores musculares e espasmos.

Omega-3

Certamente que já ouviu falar dos benefícios do Omega-3. E, de facto, não o podemos colocar de parte quando falamos de bem-estar e da regulação da ansiedade.

Vários estudos mostram que estes ácidos gordos ajudam-nos a cuidar melhor do nosso organismo. Entre outros, existem estes benefícios:

  • Saúde cardiovascular (pela redução da pressão arterial e do colesterol, logo diminui a probabilidade de complicações cardíacas);
  • Estabilização dos níveis de açúcar no sangue (prevenção da diabetes);
  • Reduz dores musculares, ósseas e articulações ao diminuir a inflamação;
  • Melhora o humor, prevenindo a depressão;
  • Melhora a concentração e a aprendizagem
  • Melhora o desempenho do sistema imunológico

Com isto, é importante termos em conta que a ansiedade é uma resposta normal ao stress ou a uma situação que represente algum perigo. No entanto, a nossa resposta imediata e automática conduz-nos a uma sensação de “luta ou fuga”. Quando esta sensação se instala de forma permanente no dia-a-dia e condiciona o seu bem-estar, poderá precisar de ajuda.

Cristiana Pereira
Cristiana PereiraPsicóloga Clínica
Mostrar mais Artigos
2018-04-12T11:24:10+00:00Abril 9th, 2018|Ansiedade Generalizada, Corpo, Cristiana Pereira, Nutrição|
Translate »