EXAMES SEM DRAMAS

EXAMES SEM DRAMAS

Os exames estão à porta!

EXAMES SEM DRAMASO seu filho demonstra angústia e preocupação em relação aos exames?

Antecipa que vai correr mal? Já fica com o friozinho na barriga só de pensar? Põe em causa as suas capacidades?

Os exames nacionais costumam ser encarados por alguns alunos como momentos de grande stress, pois representam um momento decisivo para o seu futuro académico. Com as circunstâncias excecionais que vivemos atualmente os estudantes podem sentir um verdadeiro turbilhão de emoções.

Face à novidade ou pressão associada a estes momentos de avaliação, os estudantes podem ter dificuldade em lidar com as emoções. Os sintomas podem ser intensos ao ponto de interferir tanto na preparação (técnicas incorretas de estudo, procrastinação, evitamento da tarefa) como na realização do exame (dificuldades em focalizar a atenção, “brancas”, dificuldade de gestão do tempo). Deste modo, há casos em que a performance dos alunos pode ser comprometida, mesmo quando possuem os conhecimentos necessários para um desempenho eficaz.

É importante que os estudantes compreendam o que é a ansiedade e como se manifesta, nomeadamente através de pensamentos negativos (por exemplo: “não vou conseguir estudar tanta matéria”, “não sei se sou capaz”, “e se tenho má nota?”, “nem vale a pena esforçar-me…”). Muitas vezes acompanhados de desconforto corporal (tensão muscular, ritmo cardíaco aumentado, aperto na garganta, respiração acelerada, transpiração, mãos a tremer e/ou frias).

A realidade que se apresenta não é tanto “a realidade tal como ela é” mas mais “a realidade tal como ela é vista através do filtro da ansiedade”. Por isso, éfulcral que o estudante pare de tomar os pensamentos como leituras infalíveis da realidade, ou factos, tentando encarar os pensamentos como sendo um produto da nossa mente. Um exemplo do que pode dizer a si próprio quando tem um pensamento perturbador: “O pensamento está a dizer-me (…), e é só isso, apenas um pensamento da minha mente.”.

Tomar consciência de que muitos pensamentos automáticos são exagerados e distorcidos e tentar submeter a interpretação das situações a uma análise mais objetiva também ajudará.

Adicionalmente, aprender a relaxar durante o estudo, na véspera e durante os momentos de avaliação poderá fazer toda a diferença na forma como o estudante encara os exames e respetivo desempenho.

Para diminuir a possibilidade de a mente e o corpo pregarem partidas nestes momentos tão desafiantes de avaliação, a Oficina de Psicologia disponibiliza um workshop online “Exames sem dramas” para estudantes do ensino secundário e universitário. Pretende-se ajudá-los a ter uma preparação adicional para os seus exames, que lhes permita potenciar o seu estudo e desempenho no exame, através da identificação dos gatilhos que provocam ansiedade excessiva e ao ensino de estratégias práticas para lidar com a mesma. Para mais informações sobre este workshop que vai decorrer no dia 20 de junho: info@oficinadepsicologia.com

Raquel Carvalho

Psicóloga Clínica

Equipa Mindkiddo – Oficina de Psicologia

Qual foi o interesse que este artigo teve para si?

5
5,0 rating
5 em 5 estrelas (total de 1 avaliações)
Excelente!100%
Muito bom0%
Assim, assim0%
Fraco0%
Péssimo0%
15/06/2020

Interesante, ansiedade nos sufoca no estudo e no trabalho ate mesmo em uma simples atitude de solucao.

Carvalho.
Raquel Carvalho
Raquel CarvalhoPsicóloga Clínica área infanto-juvenil
Load More Posts
Newsletter 3

A NOSSA NEWSLETTER

PODE MUDAR-LHE A VIDA

  • Recheada de informações úteis da Psicologia para MELHORAR A SUA VIDA

  • É GRATUITA

  • GANHA logo um curso de RESPIRAÇÃO CALMANTE

  • Só lê se quiser

  • De PRESENTE, também recebe um GUIA para o conforto do SISTEMA NERVOSO

  • Desiste quando quiser (mas nós ficamos tristes…)

  • Fica a saber mais de Psicologia do que o seu vizinho

  • Ninguém sabe que a recebe

  • Não se arrisca a perder os nossos PRESENTES e PROMOÇÕES exclusivos

  • Sabe tudo primeiro do que os outros

2020-06-15T18:01:09+01:00Junho 15th, 2020|Ansiedade, Crianças & Pais, Família, Raquel Carvalho|
Go to Top