TOP 10 dicas – para a melhor performance desportiva

TOP 10 dicas 

A psicologia do desporto é uma especialidade que utiliza conhecimentos e técnicas psicológicas para abordar o desempenho ideal e o bem-estar dos atletas, aspectos sociais e de desenvolvimento da participação desportiva e questões sistémicas associadas a ambientes e organizações desportivas.

Psicologia do desporto é sobre como melhorar a sua atitude e jogo ou diálogo mental para o ajudar a  realizar o seu melhor, identificando crenças limitadoras e adoptando uma perspectiva mais saudável sobre a sua prática do desporto.

Quer saber como melhorar a performance desportiva?

Partilho consigo já a seguir as 10 principais formas de o fazer:

  • Melhorar o foco e lidar com as distracções. Muitos atletas têm a capacidade de se concentrar, mas muitas vezes o foco é deslocado para as áreas erradas. Por exemplo, um jogador de basketball diz “precisamos deste ponto”, quando na verdade o “preciso” implica estar focado nos resultados e não no momento presente, ou seja, levar a bola ao cesto.
  • Melhorar a confiança em atletas que tenham dúvidas. A dúvida é o oposto da confiança. Se um indivíduo mantiver muitas dúvidas antes ou durante o seu desempenho, isso indica uma baixa auto-confiança ou pelo menos está a sabotar a confiança que teve no início da competição. Confiança é o que eu chamo de uma competência fundamental do jogo mental por causa da sua importância e relacionamento com outras competências.
  • Desenvolver competências para lidar com contratempos e erros. O controle emocional deve ser um pré-requisito no desporto. Atletas com expectativas muito altas e rígidas, têm dificuldade em lidar com pequenos erros, que surgem com frequência na prática dos desportos. É importante atender a estas expectativas e também ajudar os atletas a saber lidar com a pressão, os erros e a frustração.
  • Encontrar a zona certa de intensidade para o seu desporto. Eu uso a intensidade num sentido amplo para identificar o nível de excitação ou activação mental que é necessário para cada pessoa executar o seu melhor. Isso irá variar de pessoa para pessoa e de desporto para desporto. Sentir-se “para cima” e positivo é fundamental, mas não se entusiasmar demais também é importante. Há uma linha ténue entre o estar entusiasmado para completar a tarefa, e o ficar excessivamente entusiasmada e comprometer o resultado.
  • Ajudar as equipas a desenvolver competências de comunicação e coesão. Uma parte importante da psicologia desportiva e do treino mental é ajudar as equipas a melhorar a coesão e a comunicação. Quanto mais uma equipa trabalha como uma unidade, melhor serão os resultados para todos os envolvidos.
  • Promover um sistema de crenças saudáveis e identificar pensamentos irracionais. É importante ajudar o atleta a identificar crenças e atitudes ineficazes, como zonas de conforto e rótulos negativos que os impedem de ter um bom desempenho. Estas crenças disfuncionais devem ser identificadas e substituídas por uma novo forma de pensar. Crenças disfuncionais ou irracionais podem manter o indivíduo preso, e com fraco desempenho.
  • Melhorar ou equilibrar a motivação para um desempenho ideal. É importante analisar o nível de motivação e o que levou o atleta a praticar o desporto que escolheu. Algumas motivações são melhores a longo prazo do que outros. Os atletas exteriormente incentivados geralmente jogam por motivos errados, como o que participa no desporto apenas por causa de um dos pais.
  • Desenvolver confiança após uma lesão. Alguns atletas encontram-se totalmente preparados fisicamente para voltar à competição e praticar, mas algumas cicatrizes podem permanecer. A lesão pode prejudicar a confiança, gerar dúvidas durante a competição e causar falta de foco.
  • Desenvolver estratégias e planos de jogo específicos para cada jogo/jogador. Todos os grandes treinadores utilizam planos de jogo e estratégias, para ajudar os atletas a prepararem-se psicologicamente para uma competição. 
  • Identificar e entrar num “estado de foco e concentração plenos” com mais frequência. Este é um estado de imersão no momento a tal ponto que existe uma sensação de grande energia, em que os objectivos são claros, a concentração e o foco são elevados, há a sensação de controle sobre a situação e a actividade, que é recompensadora e não exige nenhum esforço. No desporto “to be in the Zone” é o que na psicologia positiva se chama entrar em estado de concentração plena, serenidade e motivação intrínseca. É a sensação de desempenho sem esforço, envolvimento total e prazer no processo e na actividade o que aumenta o nível de consciência e competência. É a experiência de estar relaxado e focado ao mesmo tempo. Ajudar os atletas a entrar neste estado, através da meditação e mindfulness permite desenvolver as habilidades mentais necessárias. É impossível jogar ” in the Zone” todos os dias, mas podem-se criar as condições para que isso aconteça com mais frequência.

Os atletas adoram a competição. Gostam de competir contra os seus adversários e entendem a importância de uma atitude positiva e de resistência mental. Querem dispor de todos os trunfos  possíveis, incluindo o domínio mental sobre a competição, a vantagem de estar psicologicamente preparado e focado para o sucesso.

Se precisar de mais informações sobre este tópico, não hesite em nos contactar para uma ajuda profissional.

Qual foi o interesse que este artigo teve para si?

5
5,0 rating
5 em 5 estrelas (total de 19 avaliações)
Excelente!100%
Muito bom0%
Assim, assim0%
Fraco0%
Péssimo0%
29/05/2019
Miguel
29/05/2019

Muito interessante para uma vida que se quer equilibrada.

Nuno
29/05/2019

Informação muito útil

Anónimo
29/05/2019

Adorei.

Sofia Simão
29/05/2019

Bastante esclarecedor

Marcelo
Andreia Figueiredo
Andreia FigueiredoPsicóloga Clínica
Mostrar mais Artigos
Newsletter 3

A NOSSA NEWSLETTER

PODE MUDAR-LHE A VIDA

  • Recheada de informações úteis da Psicologia para MELHORAR A SUA VIDA

  • É GRATUITA

  • GANHA logo um curso de RESPIRAÇÃO CALMANTE

  • Só lê se quiser

  • De PRESENTE, também recebe um GUIA para o conforto do SISTEMA NERVOSO

  • Desiste quando quiser (mas nós ficamos tristes…)

  • Fica a saber mais de Psicologia do que o seu vizinho

  • Ninguém sabe que a recebe

  • Não se arrisca a perder os nossos PRESENTES e PROMOÇÕES exclusivos

  • Sabe tudo primeiro do que os outros