Sintomas depressivos infanto-juvenis

Este teste pode ser respondido pelo próprio ou pelos pais, com base na sua observação e conhecimento dos filhos. É adequado às idades 7-17 anos e dá indicadores de possível presença de sintomas depressivos, não permitindo, contudo, efectuar um diagnóstico, algo que apenas poderá ser feito em avaliação com um profissional de saúde mental.

Abaixo, encontra uma lista de formas como se poderá ter sentido ou comportado. Para cada uma, indique a frequência com que ocorreram nesta última semana.

Campos obrigatórios marcados com *

1.Fiquei incomodado com coisas que habitualmente não me incomodam *
2.Não me apeteceu comer, não tinha muito apetite *
3.Não fui capaz de me sentir feliz, mesmo quando a minha família e amigos me tentaram animar e fazer sentir bem *
4.Senti-me tão bom como os outros da minha idade *
5.Senti que não conseguia prestar atenção ao que estava a fazer *
6.Senti-me em baixo e infeliz *
7.Senti-em demasiado cansado para fazer as coisas *
8.Senti que iam acontecer coisas boas *
9.Senti que não tinha tido sucesso nas coisas que já fiz *
10.Senti-me assustado/a *
11.Não dormi tão bem como é habitual *
12.Estive feliz *
13.Andei mais calado/a do que o habitual *
14.Senti-me sozinho/a, como se não tivesse amigos *
15.Senti que os outros da minha idade não me tratavam com amizade ou não queriam estar comigo *
16.Diverti-me, de uma forma geral *
17.Senti vontade de chorar *
18.Senti-me triste *
19.Senti que as pessoas não gostavam de mim *
20.Foi difícil começar a fazer as minhas coisas *

2017-11-17T08:59:38+00:00Abril 1st, 2017|Crianças & Pais, Depressão|

19 Comments

  1. gerson carvalho da silva 16/10/2018 at 02:45 - Reply

    Boa noite,

    Fiz o teste com base no que estamos analisando nossa filha e vemos diariamente.
    Já estamos procurando atendimento psicologico, mas igual preocupados…dias bem dias mal.
    Pela pesquisa deu 40/60 para uma menina de 13 anos.

    • Madalena Lobo 16/10/2018 at 09:42 - Reply

      Fazem muito bem em procurar uma avaliação profissional qualificada que possa ajudar na explicação do que se passa com a vossa filha e propor uma intervenção que reverta o problema. Votos de que ela recupere rapidamente o bem-estar!
      Abraço

  2. joy 13/10/2018 at 00:15 - Reply

    60/60

  3. Karine 03/08/2018 at 01:30 - Reply

    57/60 e só tenho 12 anos.

    • Nuno Mendes Duarte 06/08/2018 at 15:49 - Reply

      Cara Karine,

      É importante que possa conversar com a sua família para a ajudar a organizar a informação deste questionário e os sentimentos ou sofrimento porque possa estar a passar.
      Embora este questionário não defina um diagnóstico, os indicadores que apresenta revelam a necessidade de em conjunto recorrerem a um profissional de saúde. Este irá definir um plano para a ajudar a sentir-se melhor consigo mesmo e com os outros.
      Um abraço!

  4. byanca 18/02/2018 at 03:15 - Reply

    41/60
    as vezes nem feliz nem triste tenho pensado como seria se eu não existice já me mutilei por coisas que não sei… tenho medo de mim mesma!

    • Madalena Lobo 18/02/2018 at 18:45 - Reply

      A nossa melhor recomendação é que dê início a uma intervenção psicoterapêutica, para poder seguir na vida com maior tranquilidade e bem-estar.
      Abraço

  5. Vick 08/02/2018 at 14:27 - Reply

    37/60
    por vários motivos, gostaria muito de conversar com algum psicólogo. Eu não entendo a mim mesma, há muito tempo, e isso tá cada vez mais inaturável. Mudo de ideia demais, sou muito inconstante, eu não entendo o que é que eu mesma quero. Não me entendo.

    • Madalena Lobo 08/02/2018 at 15:28 - Reply

      Estamos aqui, Vick!
      Abraço

  6. igor 31/01/2018 at 03:30 - Reply

    49 out of 60

  7. Joao 30/01/2018 at 04:47 - Reply

    19/60

  8. Luna 08/10/2017 at 04:02 - Reply

    59 de 60

    • Madalena Lobo 08/10/2017 at 11:14 - Reply

      Cara Luna,
      Talvez recorrer a um dos nossos psicólogos?
      Abraço

  9. Peterson 20/09/2017 at 08:55 - Reply

    44 out of 60

  10. Larissa 17/09/2017 at 16:45 - Reply

    48/60

  11. ana m 01/09/2017 at 23:27 - Reply

    37/60

  12. Ellysandra 28/08/2017 at 23:37 - Reply

    23 out of 60

  13. lonelystar; 03/08/2017 at 14:06 - Reply

    53 de 60

    • Madalena Lobo 03/08/2017 at 14:08 - Reply

      A nossa sugestão, face aos resultados, é de marcar uma avaliação com um dos nossos psicólogos.
      Abraço,

Leave A Comment

Translate »