Apesar de as funções cerebrais serem complexas e de muitas delas envolverem várias áreas, algumas áreas concentram em si a parte mais importante de algumas funções. Uma destas áreas é o córtex pré-frontal que, como o nome indica, fica na parte da frente da nossa cabeça. E de que funções se ocupa? O córtex pré-frontal assegura funções relacionadas com:

– Atenção

– Julgamento

– Perseverança

– Controlo de impulsos

– Organização

– Automonitorização

– Resolução de problemas

– Pensamento crítico

– Antecipação

– Aprender com a experiência

– Sentir e expressar emoções

– Interacção com o sistema límbico

– Empatia

E quando existem desregulações nesta área? Quando tal acontece, podemos encontrar pacientes com queixas variadas que afectam as suas capacidades cognitivas, emocionais e sociais. Estamos a falar das seguintes queixas:

– Problemas em manter a atenção

– Distração fácil

– Falta de perseverança

– Problemas em controlar impulsos

– Hiperatividade

– Atrasos constantes/dificuldades em gerir o tempo

– Desorganização

– Procrastinação (adiar constante de tarefas)

– Dificuldades emocionais

– Mal-entendidos frequentes

– Baixa capacidade de julgamento

– Dificuldades em aprender com a experiência

– Problemas na memória a curto prazo

– Ansiedade social e de desempenho

Se pensa que apresenta alguma ou várias destas queixas, ou as reconhece em pessoas próximas de si, é importante procurar ajuda. Pode realmente existir uma desregulação cerebral. A boa notícia é que é fácil detectá-la e existe tratamento específico e eficaz.

O Centro de Neurociências da Oficina de Psicologia tem os meios necessários e adequados para o tratamento destas situações com neurofeedback/neuroterapia.

Vera Martins

Psicóloga Clínica