Vera Martins

Vera Martins

Quem sofre de Dor Crónica conhece bem a prisão dos medos. O tempo passa, a dor permanece, a limitação cresce, os medos aumentam e a prisão fica mais intensa e incapacitante… A Dor Crónica provoca também grande dor emocional e o medo é uma das emoções mais presente, gerando muitas vezes depressão e ansiedade.

Encontrámos uma lista dos medos que as pessoas que sofrem de dor crónica mais referem. Podemos ver com que muros se constrói esta prisão dos medos…

Tenho medo:

  • da DOR
  • de que a causa da dor seja grave
  • de que não acreditem em mim
  • de precisar de ajuda
  • de certos movimentos ou mesmo de qualquer movimento
  • de voltar a lesionar-me ou de ficar pior
  • de atrasar a recuperação
  • de não ser capaz de trabalhar
  • de não ter rendimentos ou dinheiro
  • de não poder brincar com os meus filhos
  • de não poder tomar dos meus filhos/pais
  • de não ser capaz de ter filhos
  • de não ser capaz de cuidar da casa
  • de não poder praticar sexo
  • de não conseguir fazer desporto
  • de colapsar
  • de envelhecer
  • de ficar com excesso de peso/com má aparência
  • de acabar numa cadeira de rodas
  • de não ser capaz de conduzir
  • do que os outros pensam/de perder amigos
  • do divórcio/de ficar solteiro
  • de tratamentos, agulhas cirurgias
  • de ficar dependente de drogas

Reconhece estes medos? Sente que está a fechar-se numa prisão de medos? Tem tido sentimentos de impotência e abandono?

Saiba que a consulta de terapia especializada em Dor Crónica pode ajudar a derrubar a prisão e a devolver-lhe o controlo da sua vida.

Vera Martins, Programa Pain Coaching

Lista dos medos mais frequentes em Dor Crónica adaptada de: Explain Pain, David S. Butler and G. Lorimer Moseley, Noigroup Publications, Adelaide, Australia, 2003..